O Brasil tem a segunda maior população negra do mundo. E nós temos uma nova missão:

combater o racismo institucional e estrutural

Oficinas

Propor o debate, questionar como funcionam as instituições afetadas pelo racismo estrutural e institucional e assumir a responsabilidade com a transformação de um sistema injusto e desigual é um compromisso do Esquadrão neste Novembro Negro.

Para isso, o projeto propõe oficinas internas no Bahia e oficinas externas em empresas e instituições interessadas em discutir o tema.

Acreditamos que o acesso à informação e a consciência sobre as relações étnico-racionais na organização das instituições são meios de compreender, reconhecer e lutar contra o racismo institucional.

Bahia vai à sua Organização

Serão oferecidas 50 vagas na oficina “Igualdade Racial e Racismo Estrutural” aos grupos interessados (empresas, organizações sociais, startups, instituições). 

O Núcleo de Ações Afirmativas do Esporte Clube Bahia irá analisar os formulários preenchidos e validará a participação da Organização.

O resultado sairá no dia 06/12.

A oficinas serão ministradas pelo Prof. Edson Cardoso – Doutor em Educação (USP); Mestre em Comunicação (UnB); Assessor Especial da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (2011-2014).

Cursos Internos

Na semana da Consciência Negra, o Esporte Clube Bahia levará aos grupos que compõe estruturalmente a instituição uma oficina especializada sobre Igualdade Racial e Racismo Estrutural.

As oficinas imersivas vão acontecer do dia 21/11 a 26/11, conforme tabela abaixo.

Quinta-feira 9:00h às 13h – 21/11 (FAZENDÃO)

• Diretoria (vagas: 4)
• Gerentes e Coordenadores (vagas: 20)
• Funcionários (vagas: 21)

Quinta-feira 14h às 18h – 21/11 (FAZENDÃO)

• Funcionários (vagas: 50)

Sexta-feira 9:00h às 13h – 22/11 (FAZENDÃO)

• Funcionários (vagas: 50)

Sexta pela noite 18h às 22h – 22/11 (FONTE NOVA)

• Conselho Deliberativo (vagas: 40)
• Conselho Fiscal (vagas: 5)
• Representante das Embaixadas (vagas: 10)

Sábado 9hrs às 13hrs – 25/11 (FONTE NOVA)

• Funcionários da Loja (vagas: 30)
• Funcionários CAS (vagas: 20)

Segunda-feira 18hrs às 22hrs – 25/11 (FONTE NOVA)

•NAA (vagas: 20)
•Tricoloucas (vagas: 5)
•Tricolideres (vagas: 5)
•MTT (vagas: 5)
•Terror Tricolor (vagas: 5)
•Bamor (vagas: 5)

Terça-feira 18hrs às 22hrs – 26/11 (FONTE NOVA)

• Imprensa (vagas: 30)
• Federação Baiana de Futebol (vagas: 5)
• Patrocinadores (vagas: 10)

O objetivo é levar às pessoas que constroem diariamente o Esporte Clube Bahia vivências e debates sobre racismo Institucional.

Como produto final, representantes de cada grupo vão se reunir e redigirão um protocolo de medidas para Promoção da Igualdade Racial.

Protocolo de Medidas

É um dos resultados esperados das oficinas de formação oferecidas pelo Bahia neste projeto. Um documento construído coletivamente pelos participantes, que servirá como um guia de boas práticas de gestão orientada para a igualdade racial. Como sabemos que se trata de uma mudança contínua e de longo prazo, espera-se que a gestão atual e as futuras utilizem essa ferramenta. É um instrumento da democracia do Bahia, elaborado pela nossa coletividade, para a nossa coletividade.

O protocolo de medidas servirá como um documento norteador. A estrutura do protocolo oferecerá um conjunto de ações e projetos a serem executados pela atual e futuras gestões, conforme a autonomia de cada gestor. Não apenas a Diretoria Executiva estará implicada nesse conjunto de medidas. Acredita-se que os outros organismos envolvidos (Conselho Deliberativo, Fiscal, Patrocinadores, Torcidas Organizadas, dentre outros) podem se beneficiar do documento e a eles serem endereçadas orientações sobre o tema, em cada contexto específico.

O desenvolvimento do protocolo será realizado por grupo de trabalho composto por um representante de cada turma das oficinas internas. O prazo para publicação do documento final é 01/01/2020, em plataforma a ser divulgada pelo clube. Nessa plataforma, a torcida, além de conhecer o teor do documento, poderá assinar eletronicamente para ampliar a representatividade .

Ficha Técnica

Concepção e Colaboração

Ângela Guimarães
Amanda Gonçalves
Fábio Souza
Jorge Washington
Maíra Azevedo (Tia Má)
Nelson Barros Neto
Pis Santos
Tiago César
Victor Cerqueira

© 2019. Todos os direitos reservados.